Ecotoxicologia

O Laboratório de Ecotoxicologia (LAECO), tem implementado cultivos de organismos para utilização em testes de toxicidade aguda. Atualmente, presta serviços de monitoramento ecológico e/ou ambiental para diversos setores produtivos, tais como: usinas, siderúrgicas, companhias de saneamento, indústrias químicas, entre outros.

Os estudos são conduzidos sob práticas BPL, conforme as Normas da OECD que estabelecem métodos para a avaliação da toxicidade aguda de amostras de efluentes líquidos, águas superficiais ou subterrâneas e de substâncias químicas solúveis ou dispersas em água.

escopo

Ecotoxicologia

  • Teste de toxicidade aguda com peixe Danio rerio – (OECD 203/1992)
  • Teste de toxicidade aguda com minhocas Eisenia andrei – (OECD 207/1984)
  • Teste de toxicidade aguda por contato com Abelhas Apis mellifera - (OECD 214/1998)
  • Teste de toxicidade aguda oral com Abelhas Apis mellifera – (OECD 213/1998)
  • Teste agudo de imobilização com Daphnia similis - (OECD 202/2004)
  • Teste de inibição do crescimento com algas Pseudokirchneriella subcaptata - (OECD 201/2011)
  • Teste de toxicidade aguda oral com aves Coturnix coturnix japônica - (OECD 223/2010)
  • Teste de transformação do nitrogênio no solo - (OECD 216/2000)
  • Teste de transformação do carbono no solo - (OECD 217/2000)

Acreditações

Estrutura

  • Salas climatizadas para testes e criação de organismos não-alvo (microrganismos, algas, organismos do solo, abelhas, microcrustáceos, peixes e aves)